A sua primeira visita

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

... o dia que poderá transformar para sempre a sua vida!

Consulta quiroprática

A primordial missão do quiroprático é manter as pessoas saudáveis. Para estes profissionais, o diagnóstico e a prevenção das deficiências da saúde são o cerne da sua abordagem. Eles lidam, através dos cuidados naturais, com as deficiências diagnosticadas como sendo reversíveis e não evasivas.

Uma visita ao quiroprático

Consultar um quiroprático significa que o paciente deseja saber se a sua condição é reversível através de cuidados naturais sem a interferência de medicamentos ou cirurgia.

Uma visita à clínica quiroprática realizar-se-á do seguinte modo:

1. Análise histórica do paciente: uma série de questões para conhecer os antecedentes clínicos e os aspetos importantes da sua saúde e doença.

2. Exame completo: para estabelecer um verdadeiro conhecimento sobre a sua saúde.

3. Estudo radiográfico para análise biomecânica e postural da coluna vertebral e para detetar a eventual presença de um problema que seria contra indicado para o tratamento quiroprático.

4. Análises laboratoriais: se os sintomas do paciente o exigirem.

5. Diagnóstico: tomando em conta o exame completo, englobando o estudo radiográfico e, por vezes, os resultados de análises laboratoriais, o quiroprático irá estabelecer um diagnóstico que será arquivado no processo do paciente.

6. Tratamentos: depois de assegurada a ausência de contraindicações, o quiroprático irá estabelecer o plano de tratamentos exigido pela condição do paciente.

As 4 fases de tratamento quiroprático

Os tratamentos prestados pelo quiroprático integram-se num plano de tratamento específico, que está dividido em 4 fases, em função das necessidades do paciente:

1ª fase: Intensidade – para aliviar a dor e reduzir os sintomas da condição do paciente.

2ª fase: Recuperação – corrigir, reabilitar, reeducar, melhorar a capacidade funcional do paciente.

3ª fase: Manutenção – evitar o agravamento dos sintomas e recidivas, manter as melhoras obtidas.

4ª fase: Prevenção – prevenir o desenvolvimento de problemas de saúde.

O ajustamento quiroprático

A lei que regula a quiroprática permite exclusivamente ao quiroprático proceder a correções aplicadas com precisão para normalizar as funções físicas do corpo humano.

Os quiropráticos são profissionais da saúde a quem a Associação Portuguesa dos Quiropráticos estabeleceu um campo exclusivo de prática, tendo em conta os riscos que representam os ajustamentos caso sejam executados por pessoas que não têm a formação profissional adequada.

A profissão de quiroprático tem mais de 100 000 membros na América do Norte, o que a torna na maior profissão de formação universitária, para trabalhar exclusivamente no domínio dos cuidados de saúde naturais.

 
Navegação: Home Primeira Visita