Testemunho de Inês Pedrosa Monteiro de Sousa

O meu nome é Inês e desde Abril de 2005 que sou paciente do Centro Quiroprático Nova Vida.

O que me levou a experimentar a Quiroprática foram as dores nas costas que sentia há muito tempo e que nenhum médico deu grande importância. Mais tarde apareceram-me dores nos joelhos que ninguém conseguia explicar, segui o exemplo do meu pai e fui procurar ajuda ao Centro Quiroprático Nova Vida.

Explicaram-me o que era a Quiroprática, como seriam os tratamentos e quais as hipóteses de sucesso.

De facto, sinto-me muito melhor desde que iniciei os tratamentos no Cento Quiroprático e afinal, as minhas dores eram o resultado de uma diferença de 3mm a menos na perna direita que me desequilibrava a coluna impedindo o bom funcionamento do meu corpo. E isto foi resolvido com uma palmilha de correção e alguns meses de ajustamentos quiropráticos. Não foram precisas operações nem medicamentos. E para mim esta é a parte mais interessante da Quiroprática: ela vê e ensina a ver o corpo humano de maneira diferente daquela a que estamos habituados.

Na Quiroprática o corpo não é um amontoado de nervos que se engana com analgésicos e químicos poderosos ou se abre, corta e cose como melhor convém, mas sim um mecanismo harmonioso que quando se encontra em desequilíbrio precisa de ser educado para voltar a funcionar bem. Por isso, e ao contrário da medicina convencional que resolve os problemas dos pacientes entupindo-os com medicamentos, tornando-os dependentes, eu considero a Quiroprática um meio de encontrar a saúde mais fiável, eficaz e económico.

Como contribuinte de um sistema de saúde que o Estado se comprometeu a oferecer a todos os cidadãos eu sinto-me no direito de escolher onde e como quero ser tratada.

Escolho o Centro Quiroprático Nova Vida e recomendo-o aos meus familiares e amigos.

Hoje posso afirmar que me sinto bem e muito feliz por ter optado por este tipo de tratamento.