Coloque um ponto final às suas dores de costas!

Sofre de problemas de saúde ou de dores de costas? Está cansado de correr especialistas e terapeutas sem resultado?

Se respondeu sim a estas perguntas, este vídeo contém informação importante para resolver o seu problema de saúde.
As suas queixas não devem ser ignoradas pois um estudo, publicado no European Journal of Pain, demonstrou que as pessoas que reportam dores na coluna têm um risco de mortalidade 13% mais elevado.
Esta descoberta é significativa e preocupante, relata o Professor universitário, Paulo Ferreira, pois a maioria da população acredita que as dores de costas não são um problema que ponha em causa um risco de vida.

Existem várias formas de aliviar as dores de costas, algumas mais comuns do que outras como a cirurgia, a medicação, as infiltrações, a massagem, as compressas de calor ou de gelo para mencionar algumas. Na realidade, estas formas de tratar as dores de costas poderão ajudar durante algum tempo mas raramente irão resolver ou corrigir, de forma definitiva, a causa real do problema. Deve sempre avaliar-se o risco de alguns procedimentos, pois algumas destas formas de tratamento podem trazer consequências negativas irreversíveis.

Certamente que o stress pode afetar as tensões musculares do corpo mas a maioria dos estudos clínicos demonstram que 80% das causas de lombalgia são provocadas por problemas biomecânicos da coluna vertebral ou seja, por subluxações vertebrais. As subluxações vertebrais são desalinhamentos das vertebras que provocam uma pressão nas raízes nervosas ou na medula espinal causando a dor aguda ou crónica em 80% da população.

Poucos são os especialistas ou profissionais de saúde que conhecem este problema biomecânico, pois esta patologia é estudada unicamente por especialistas em quiroprática durante 6 anos de formação universitária intensiva.
A quiroprática é a terceira maior profissão de saúde a nível mundial, a seguir à medicina e à estomatologia e tem como objetivo principal estabelecer o bom funcionamento do sistema nervoso através da correção biomecânica da coluna vertebral.