Dor Ciática: alívio eficaz com a Quiroprática

Quiropraxia - O que é - Centro Quiroprático Nova Vida

Descubra como tratar e prevenir a dor ciática com a ajuda da quiroprática

A dor ciática (ou ciatalgia) é uma condição comum que afeta muitas pessoas em todo o mundo, causando um desconforto significativo e prejudicando a qualidade de vida. 

A dor ciática tem o seu nome por ter origem no maior nervo que existe no corpo humano, o nervo ciático. Esta dor caracteriza-se por ser forte e aguda, inicia-se muitas vezes na zona lombar e estende-se pela parte posterior da bacia e da perna. Quanto mais o nervo estiver inflamado, mais intensa será a dor e mais perto do pé ela chegará. 

Os sintomas da ciatalgia podem incluir dor na região lombar, nádegas, pernas e pés, além de formigueiro, dormência e fraqueza muscular. Em casos crónicos, a inflamação do nervo ciático poderá provocar uma perda de sensibilidade na pele, assim como uma perda de força motora na perna envolvida e dificuldade em andar.

Quais são as causas da dor ciática?

A ciatalgia tem geralmente origem numa causa biomecânica, a inflamação do nervo ciático. Esta deriva da compressão articular, muscular ou discal. Geralmente, a causa postural ou biomecânica poderá ter origem num traumatismo, ou simplesmente em stresses físicos ao longo da vida, tais como más posturas ou movimentos repetitivos no trabalho. Em suma, estas são as três causas principais de compressão biomecânica e neuro-músculo-esquelética da dor ciática:

Quais as causas da dor Ciática - Artigo - Centro Quiroprático Nova Vida
  1. Subluxações vertebrais: esta é a causa biomecânica mais comum da ciatalgia e traduz-se pelo desalinhamento das vértebras, acompanhado de irritação dos nervos adjacentes ao nível das articulações. Ao não serem corrigidas, devido do desgaste articular produzido pelas subluxações, inicia-se um processo de degeneração articular da própria coluna (artrose) que poderá aumentar a irritação das raízes nervosas e agravar a dor. No caso da dor ciática, pode haver subluxação das vértebras lombares L3, L4 e L5, raízes que darão origem ao nervo ciático;
  2. Hérnia discal: devido à compressão dos nervos da mesma região lombar por uma inflamação ou deslocamento do disco intervertebral (almofada de cartilagem situada entre as vértebras da coluna);
  3. Compressão muscular ao nível da bacia, por onde passa o nervo ciático.

Quais são as complicações da ciatalgia?

A dor ciática pode causar várias complicações, as quais podem incluir: 

  • Alteração postural: para aliviar ou evitar a dor, as pessoas com dor ciática podem adotar posturas inadequadas (postura antálgica), o que pode levar a problemas posturais crónicos.
  • Perda de sensibilidade: a compressão do nervo ciático pode levar à perda de sensibilidade na pele da perna afetada.
  • Fraqueza muscular: esta pode ocorrer devido à incapacidade do nervo ciático em transmitir sinais nervosos de forma adequada, aos músculos inervados por este nervo.
  • Incontinência urinária ou fecal: embora raro, em casos graves, a dor ciática pode afetar os músculos do pavimento pélvico, levando a problemas de controlo da bexiga e dos intestinos.

Quais são os benefícios da quiroprática para a resolução da dor ciática?

O tratamento para a ciatalgia depende da causa que dá origem a esta dor e a gravidade do caso específico. Os tratamentos mais comuns incluem o uso de medicação analgésica e antiinflamatória, o exercício físico, a aplicação de calor ou frio, a acupuntura, a fisioterapia, a osteopatia ou, em casos raros e mais graves, a cirurgia. 

Embora a quiroprática seja uma profissão pouco conhecida em Portugal, é uma das especialidades da saúde mais usadas na abordagem da dor ciática em países como os Estados Unidos. Ao contrário de outras profissões que oferecem cuidados de alívio temporários, a quiroprática posiciona-se como um tratamento que pretende corrigir a causa subjacente da ciatalgia, ajudando a atingir resultados mais douradores e a longo prazo. 

Igualmente, um crescente número de estudos científicos adverte sobre os efeitos secundários devido ao uso de medicações analgésicas e anti-inflamatórias como os corticosteroides, o ibuprofeno, o ben-u-ron ou paracetamol, referindo apenas alguns: aumento do risco de sofrer um ataque cardíaco e AVC (acidente vascular-cerebral), disfunção dos rins e do fígado, úlceras estomacais, náuseas, vómitos, osteoporose, arritmia, glaucoma, entre outros. Nesse sentido, contrariamente a estes tratamentos, a quiroprática proporciona uma abordagem natural, personalizada e segura.

A quiroprática é uma profissão de saúde cuja finalidade é ajudar a restabelecer a função nervosa, muscular e articular do corpo humano, mediante ajustamentos articulares na coluna vertebral e membros apendiculares. Os cuidados quiropráticos são indolores, não necessitam de cirurgias ou de medicação e, geralmente, são manuais. 

Através dos ajustamentos da coluna vertebral, o doutor em quiroprática poderá corrigir as subluxações que provocam o stress nos ossos, nos músculos e nos discos intervertebrais, assim como nos nervos envolvidos no agravamento da dor ciática. 

A literatura científica tem mostrado resultados positivos para o tratamento da dor ciática através da quiroprática!

  • Alinhamento da coluna vertebral: ao realinhar a coluna vertebral e ossos da bacia, consegue-se aliviar a pressão sobre o nervo ciático.
  • Redução da inflamação: o ajustamento pode ajudar a reduzir a inflamação dos tecidos adjacentes ao nervo ciático, aliviando a dor
  • Melhoria na mobilidade: os cuidados quiropráticos ajudam a aumentar a mobilidade das articulações, ajudando os pacientes a recuperar a sua amplitude de movimento generalizado.
  • Tratamento personalizado: a abordagem dos doutores em quiroprática adapta-se às necessidades específicas de cada paciente, considerando a causa subjacente da dor ciática a fim de resolver o seu problema de saúde e de assegurar resultados de longa duração. 
  • Abordagem holística: os profissionais quiropráticos geralmente enfatizam a importância da saúde geral do paciente, promovendo um estilo de vida saudável e a prevenção de recorrências. 
  • Manutenção física: como qualquer outra máquina, o corpo necessita de cuidados regulares ao longo da vida e a quiroprática é uma escolha acertada, pois regula a função articular, muscular e nervosa, permitindo uma melhor fisiologia global do organismo. 

Em resumo, através do ajustamento quiroprático e outras recomendações sobre o estilo de vida, a quiroprática oferece uma solução segura e efetiva para resolver a dor ciática, pois alivia a pressão sobre os discos e raízes nervosas causada pelos desalinhamentos das vértebras (subluxações), aliviando a dor e restaurando a função normal.

Nesse sentido, é fundamental procurar um quiroprático qualificado para garantir um tratamento seguro e eficaz. Pode consultar o website da Associação Portuguesa dos Quiropráticos para encontrar um quiroprático devidamente qualificado e credenciado.

Não hesite! Marque uma consulta no nosso Centro e compreenda melhor como a quiroprática pode ajudar! Para mais informações, entre em contacto connosco e acompanhe as nossas publicações regulares e as palestras sobre saúde!

Dor de cabeça, formigueiro e dormência de mãos - Cartaz para Workshop

INSCREVA-SE NO NOSSO WORKSHOP!

“Causas e soluções para as dores de costas, hérnias discais e ciática”